A festa em Malta tem muita fama e, somada a ser um dos lugares mais seguros do mundo, torná-lo um destino perfeito se o que você quer é… Agachamento.

A principal área de caminhada é em Paceville, então se você não quer barulho, você pode desfrutar de Malta sem sequer conhecer este lado.

A principal fama de Malta é por sua música eletrônica, mas a oferta abrange inúmeros festivais de todos os tipos de música. Assim como a melhor hora para vir e desfrutar desta faceta de nossas ilhas é o verão, sem dúvida, mas você vai encontrar folia durante todo o ano, então vamos dividi-los em partes, focando nos lugares.

– Paceville. É a área do partido por excelência. Festa 24 horas, 365 dias por ano. Embora seja talvez uma das áreas mais inseguras da ilha, ela ainda é muito segura: será raro ter sua carteira roubada, e nossa experiência é que há mais descuidos do que más intenções. Esta área inclui um pouco de tudo: discos, clubes de rock, para dançar… Se o que você quer é festa sem parar esta é a sua área.
Nos últimos anos, vários clubes de cavalheiros surgiram com senhoras de companhia, mas a prostituição é proibida na ilha e esses locais são perfeitamente distintos, então não há risco de confusão.

Paceville é uma área perfeitamente conectada e de fácil acesso menos com o carro (à noite as ruas são apenas para pedestres) já que o estacionamento é complicado e/ou caro.
Se Paceville tem uma pegadinha é que dormir é complicado, então se você está procurando por Malta cultural, evite a área.

Sliema, sliema. É uma área muito mais tranquila, repleta de restaurantes, bares e bares, muitos ao pé da praia, o que o torna perfeito para algumas cervejas, um passeio na praia ou uma estadia com nosso parceiro. O que ele não tem são grandes boates. Se você está procurando uma área com videira onde você pode ficar, mas sem ruído excessivo esta é a sua área. Também está perfeitamente conectado e possui muitas lojas e áreas de lazer.

– Bugibba. Nesta cidade do norte encontraremos boates e bares, áreas para sair para beber e passeios cheios de restaurantes. Além disso, há praia arenosa (não é fácil de encontrar em nossas ilhas). Uma boa base para descobrir a ilha, a um bom preço e com festas. Por outro lado, tem que não é muito central e que é uma área bastante feia, totalmente turística.

– Festas de barco. Vir à festa de Malta e não ir a uma festa de barco é como vir para a história e não visitar Mdina… Os barcos geralmente oferecem open bar e música sem parar (geralmente comercial, mas há festas temáticas de reggae, disco…) enquanto navegam à noite, geralmente para Comino ou para as Ilhas de San Pablo.

Desnecessário dizer, essa opção é principalmente no verão (é por isso que o tempo e outras coisas…)

– Complexos de clubes. Nem todas as boates estão em Paceville, na verdade as maiores estão em áreas menos turísticas:
Gianpula, a maior e mais conhecida da ilha, com DJs residentes bem conhecidos. É perto de Rabat, por isso não é facilmente acessível, mas se você quer música eletrônica esta é Meca em Malta.
Aria, outro grande local com muita música, especialmente conhecido por ter festas temáticas para todas as idades e uma grande piscina que dá um toque especial. É nos arredores de San Gwann, tornando-o mais acessível.
La Grotta, em Gozo. A melhor alternativa da irmã mais nova de Malta, mas provavelmente não interessante se você realmente quer aproveitar as principais festividades.

– Festivais. Durante o verão Malta está cheia de festivais de todos os tipos de música. Alguns são reconhecidos internacionalmente, como Lost&Found ou Tomorrowland (desnecessário dizer, estes, embora mantidos anualmente, podem variar).

Mas mesmo nacionalmente temos alguns bastante sugestivos no caso de você estar aqui nessas datas e querer se misturar com os locais ou praticar inglês. Dos mais conhecidos estão o Beer Festival em Ta Qali (com várias tendas com todos os tipos de música), o Earth Garden também em Ta Qali (várias tendas com vários tipos de música independente como rock, ska, reggae…), o South Rock Festival (rock no sul da ilha), a MTV em Valletta ou os vários shows e festas temáticas de reggae. Mas este é apenas um resumo muito raso para você ter uma pequena ideia da grande variedade de opções que você vai encontrar nas ilhas.