Malta é considerada um dos principais destinos gays da Europa (por exemplo, em 2016, o Mister Gay World 2016 foi realizado e estávamos no primeiro lugar no índice ILGA-Europe Rainbow).

Neste contexto existem bares e clubes específicos, especialmente em Paceville, mas em qualquer lugar que você escolher você estará à vontade.

E para quem gosta de saber que os coletivos LGTBIQ+ realmente vivem dia após dia no destino que você visita, Malta é, podemos dizer, muito semelhante à Espanha. Em Valletta encontramos uma associação de direitos bastante ativa que conseguiu há alguns anos a legalização de casamentos entre pessoas do mesmo sexo e adoção.

O orgulho gay é realizado na segunda semana de setembro na capital, Valletta, com festas de rua, carros alegóricos LGBTIQ+, desfiles, shows, eventos e atividades. Não é comparável a nada que você já viu em Madri ou Berlim, com certeza, mas é que o tamanho da ilha não dá muito mais. O que não falta é entusiasmo e pessoas querendo se divertir.

Para quem sabe inglês, você pode entrar http://www.gaymalta.com/ você encontrará as informações mais atualizadas.

Se você quiser que a gente te ajude a organizar as férias, não hesite em entrar em contato conosco e será um prazer ajudá-lo.